Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Qual é a frequência, Kenneth?

Qual é a frequência, Kenneth?

Na nossa vida não há Michelle Pfeiffers

dangerousminds.PNG

 

"How the fuck are you gonna save me from my life, huh?"

 

Vejo a imprensa desportiva como o Emilio Ramírez do clássico filme "Dangerous Minds". Emilio tinha as suas razões para agir da maneira como agia. LouAnne Johnson (Michelle Pfeiffer) tinha as suas razões para achar que a vida dele podia e devia ser diferente. No final Emilio Ramírez morre na mesma.

 

A imprensa desportiva nacional comporta-se como um qualquer adolescente marginalizado envolvido num gangue. O seu papel no gangue? O courier, obviamente.

 

Na nossa vida não há Michelle Pfeiffers. Ninguém se senta à mesa com a imprensa e lhe explica que há uma alternativa. O comportamento de courier não é aceitável no mundo moderno e transparente. E que, invariavelmente, tudo se sabe. Até com quem directores de jornais almoçam diariamente.

 

Deixando a vida de courier, Emilio Ramírez podia continuar a fazer jornalismo e começar a ver o seu serviço pago pela qualidade das suas peças jornalísticas em vez de assentar o seu orçamento no pagamento de favores.

 

Em Mentes Perigosas, Emilio Ramírez morre. Na vida real a imprensa desportiva ainda vai a tempo de prosperar. As escolhas contam, Emilio. Make them count.

Se ainda não o fizeste, tira um minuto e faz like no Facebook

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D